© 2008 Sinal Link Acessibilidade 

CNPJ: 09490366-0001/60 

www.sinallink.com.br  Rua Antônio das Chagas 730 - São Paulo, SP 

  • Facebook Basic Black
  • Twitter Basic Black
  • Instagram Basic Black

Como fazer a paginação correta do piso tátil em rotas acessíveis. Parte 1

October 2, 2016

Muitas dúvidas surgem quando é preciso criar uma rota acessível de piso tátil. Como a quantidade de material necessario, qual a rota minima e ou a máxima que deve ser feita, locais por onde deve obrigatoriamente passar, a cor do material, entre outras.

Para ajudar nesta empreitada que deve ter varias premissas básicas observadas, criamos um roteiro para ajuda-lo. 

Apesar deste assunto estar normatizado, ainda assim e comum encontrarmos com facilidade erros simples sem nenhum impacto aparente até aberrações que comprometem a segurança e integridade dos principais usuários desta solução, os deficientes visuais e pessoas com baixa visão.

 

 1- O que é uma rota acessivel.

Segundo a NBR 9050 2015 a definição de rota acessivel é a seguinte  :  " trajeto contínuo, desobstruído e sinalizado, que conecte os ambientes externos ou internos de espaços e edificações, e que possa ser utilizado de forma autônoma e segura por todas as pessoas, inclusive aquelas com deficiência e mobilidade reduzida. A rota acessível pode incorporar estacionamentos, calçadas rebaixadas, faixas de travessia de pedestres, pisos, corredores, escadas e rampas, entre outros "

 

Importante frisar que a rota acessível, pode ou não ser a mesma para deficientes visuais e para pessoas com mobilidade reduzida. Exemplificando podemos criar uma rota acessível de piso tátil que se conecta com um corredor e por fim a uma escada devidamente sinalizada, que conduzira o cego ou baixa visão com segurança para um determinado local, porém esta mesma rota não servirá para um usuário de cadeiras de roda, que por sua vez deverá ser conduzido por corredores largos até um elevador ou plataforma e o ajudará a chegar neste mesmo espaço. 

Isto posto nos obriga a pensar em rotas acessíveis para diferentes necessidades, que podem ou não serem as mesmas.

 


 2-  Quais os princípios básicos de uma rota acessível de piso tátil.

 

De acordo ainda com a NBR 9050 piso tátil piso caracterizado por textura e cor contrastantes em relação ao piso adjacente, destinado a constituir alerta ou linha-guia, servindo de orientação, principalmente, às pessoas com deficiência visual ou baixa visão. São de dois tipos: piso tátil de alerta e piso tátil direcional

 

1°)  Quando da elaboração de uma rota acessível para deficientes visuais a premissa a ser observada e "que possa ser utilizado de forma autônoma e segura ". 

 


2°) Devemos prever quais obstáculos podem trazer algum risco a integridade física do usuário, como escadas , rampas , elevadores e mudanças de direção, além de mobiliários que estejam no trajeto como bebedouros, telefones públicos e demais itens que não consigam ser rastreados pela bengala.

 

Quando rotas acessíveis, rampas, terraços, caminhos elevados ou plataformas sem vedações laterais forem delimitados em um ou ambos os lados por superfície que se incline para baixo com desnível superior a 0,60 m, deve ser prevista a instalação de proteção lateral com no mínimo as características de guarda-corpo, conforme indicação da figura abaixo.

 

 

 

 

 

 

 

 

3°) Garantir que toda sinalização auxiliar esteja instalada :


       - Piso tátil alerta indicando mudança de direção em rampas e            escadas


       - Piso tátil alerta na entrada de elevadores


       - Placa de braille de corrimão nas escadas 


       - Placa de braille nos batentes dos elevadores 


       - Sonorização interna nos elevadores 


       - Placa de braille indicando os ambientes 

 


4°) Fazer a paginação correta do piso tátil conforme norma, continua no próximo post . 

 

 Dúvidas entre em contato : www.sinallink.com.br 

 

 


  

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

Mapa Tátil, tudo que você precisa saber!

August 29, 2019

1/5
Please reload

Posts Recentes