Tracking & Analytics
 

Apresentação Acessível - 12 Orientações para tornar suas apresentações mais inclusivas




Imagem: retângulo de fundo azul com texto branco com os seguintes dizeres: Apresentação acessível, 12 orientações para tornar suas apresentações mais inclusivas


Existem vários aspectos em uma apresentação que podem torná-la inacessível para partes do público. Aqui você terá 12 importantes orientações que vão garantir que suas apresentações sejam mais acessíveis e inclusivas, para o maior número possível de participantes.


Quando estamos elaborando uma apresentação, em geral ficamos motivados com o tema que será abordado, pensamos em diversas características técnicas como, design da pagina, imagens, gráficos e efeitos áudio visuais entre tantos outras questões além do contudo é claro. É neste momento que devemos pensar na diversidade da audiência, que tipo de barreiras comunicacionais devem ser analisadas considerando o aspecto das diferentes deficiências como visuais, auditivas, cognitivas e outras.


Preparação do conteúdo da apresentação


1- Cores de primeiro plano / fundo


Apresentações com fundo claro (por exemplo, branco) e primeiro plano escuro (por exemplo, texto) podem ser difíceis de visualizar por membros de seu público. O fundo branco pode criar um brilho que é realmente atrapalha a visualização para alguns indivíduos. Também pode dificultar a visualização do conteúdo da apresentação por meio da transmissão ao vivo


Orientação sugerida

Neste caso e recomendado o uso de uma cor de fundo escura (por exemplo, preto, cinza, azul) para hospedar seu conteúdo de primeiro plano claro (por exemplo, branco, cinza claro). A cor escura cria um espaço negativo aprimorado para o conteúdo mais claro.


2- Contraste de cor


Assim como WCAG 2.0 ( padrão de acessibilidade ) nos orienta sobre o contraste de cores para a web, essas diretrizes também devem ser consideradas para seus slides.

WCAG 2.0 requer que as cores do primeiro plano e do plano de fundo tenham uma taxa de contraste de 4,5: 1 no Nível AA e uma taxa de contraste de 7: 1 no Nível AAA.


Para ajuda-lo nesta tarefa você pode usar uma ferramenta de verificação de contraste para determinar qual é a proporção entre qualquer cor de primeiro plano e de fundo.


As apresentações podem sofrer ainda mais problemas de contraste inesperados, já que a iluminação normalmente não é controlada pelo organizador.


Orientação sugerida

Certifique-se de que o contraste entre as cores do primeiro plano e do plano de fundo atenda e, de preferência, exceda os padrões WCAG 2.0 para contraste de cor. Isso ajudará quando o sistema de projeção, monitor, tela ou parede onde seus slides estão sendo exibidos for menos do que adequado para apresentar seus slides da melhor maneira possível.


3- Tamanho da fonte


Como a maioria das apresentações são criadas usando monitores de desktop ou laptop relativamente próximos. Quando o mesmo conteúdo do slide é visualizado em uma sala maior, provavelmente à distância, esse texto provavelmente será muito pequeno para ser lido facilmente.


Orientação sugerida

Tente usar um tamanho de fonte que possa ser facilmente visualizado, sem esforço, a partir de 30 metros ou mais. O tamanho mínimo da fonte deve ser de cerca de 24 pontos (se estiver usando PowerPoint ou Keynote) ou 32 pixels (se usar HTML / CSS). Os cabeçalhos e subcabeçalhos podem ser muito maiores, entre 40-60 pontos (se estiver usando PowerPoint ou Keynote) ou 53-80 pixels (se estiver usando HTML / CSS).


4- Espessura da fonte


O peso ou espessura de um tipo de letra pode alterar drasticamente a capacidade de visualizar o texto em um slide à distância.


Orientação sugerida

Quando possível, considere o uso de uma fonte de peso médio a espesso, que pode ser vista e lida mais facilmente à distância.


5- Quantidade de Conteúdo


Tente limitar a quantidade de conteúdo em um único slide específico. Slides com muito conteúdo serão difíceis de ler pelo público e difíceis de cobrir pelo apresentador (já que o apresentador deve ler o conteúdo em voz alta para os membros do público com pouca ou nenhuma visão). Além disso, quanto mais conteúdo você tiver em um slide, menor provavelmente o texto precisará ser, criando os problemas de tamanho da fonte discutidos acima.


Orientação sugerida

Não há orientação explícita sobre o limite de palavras ou caracteres que deva ser seguido em um slide. A orientação fornecida é baseada na necessidade de leitura do conteúdo para o público; se parecer muito texto para ser lido, reduza a quantidade de conteúdo.


6- Posicionamento de conteúdo no slide


Os membros da audiência, especialmente aqueles do meio para a parte de trás da sala, lutam para ler o conteúdo na parte inferior de um slide. E, como locais diferentes colocam a tela de recepção em alturas diferentes, alguns membros do público podem ver apenas as costas dos indivíduos à sua frente.


Além disso, a gravação da transmissão ao vivo coloca as legendas de texto no terço inferior da gravação. Se você tiver conteúdo textual nesta área, o texto da legenda se sobreporá ao texto do slide.


Orientação sugerida

Em geral, você deve tentar usar apenas os dois terços superiores dos imóveis em qualquer slide.


7- Efeitos de slide


Os efeitos de slide podem ser emocionantes e envolventes, e muitos membros do público podem achá-los interessantes. No entanto, alguns membros da audiência podem achá-los perturbadores, perturbadores e até mesmo alguns podem ficar doentes por causa deles.


Orientação sugerida

Limite os efeitos do slide. Menos é mais. Se você tiver uma animação frívola, não fundamental para o conteúdo, considere removê-la ou certifique-se de que seja a mais breve possível.


8- Apresentando a apresentação


Você deve ser ouvido

É muito importante que o apresentador seja ouvido com clareza por todos os participantes. Sons ambientais, membros da audiência conversando entre si podem criar problemas de contraste audível para quem tem deficiência auditiva.


Orientação sugerida

Sempre que possível, o apresentador deve usar o microfone fornecido pelo local para projetar sua voz. Antes de iniciar a apresentação, o apresentador deve fazer uma verificação de som com os participantes, para garantir que o volume não esteja muito baixo ou alto.


9- Descrevendo conteúdo visual


Cada slide deve ser descrito de forma audível para o público. Os participantes com baixa ou nenhuma visão e indivíduos com deficiências cognitivas terão dificuldade ou mesmo não serão capazes de entender o conteúdo do slide de outra forma


Orientação sugerida

Certifique-se de que todo o conteúdo textual seja comunicado de forma audível aos participantes. Se houver conteúdo não textual na tela, ele deve ser descrito aos participantes.


10- Alternar entre telas


Pode ser necessário alternar dos slides da apresentação para um aplicativo ou navegador da web para ilustrar um ponto ou demonstrar algo. Mudar para a frente e para trás repetidamente e de maneira rápida pode criar sobrecarga cognitiva para alguns participantes e até mesmo causar doenças.


Orientação sugerida

Continue alternando entre as telas ao mínimo. Pense no que você está fazendo antes de simplesmente alternar.


11- Repita as perguntas do público


Quando os membros da audiência fazem perguntas, seja durante a apresentação ou durante qualquer sessão de perguntas e respostas após a apresentação formal, o membro da audiência que faz a pergunta normalmente não está usando um microfone e freqüentemente não pode ser ouvido ou totalmente compreendido por todos os membros da audiência. Além disso, o membro da audiência não pode ser ouvido pelos membros na transmissão ao vivo. Portanto, o legendador não poderá fornecer legendas para a pergunta.


Orientação sugerida

O apresentador deve sempre repetir a pergunta, esteja o ouvinte usando um microfone ou não. Se houver um microfone adicional disponível, ele deve ser fornecido ao participante com uma pergunta para usar.


Uma nota para os organizadores do encontro: Os membros da audiência devem ser solicitados a pensar sobre suas perguntas e fazê-las da maneira mais concisa possível. Às vezes, pode ser difícil para o apresentador repetir ou até mesmo responder à pergunta se o membro da platéia desenvolver a pergunta de forma audível e no momento.


12- Esteja ciente do seu tempo


Normalmente, oferecemos 60 minutos para uma apresentação de encontro padrão e 15 minutos para uma palestra relâmpago. Isso inclui qualquer seção de perguntas e respostas do público. Quando ultrapassamos o tempo, impactamos o parceiro do local, que normalmente precisa garantir que todos os participantes tenham saído do local em um determinado horário. Além disso, há uma taxa para legendas ao vivo. Quando o apresentador atropela, taxas adicionais são cobradas pelo patrocinador da legenda e, às vezes, pelo organizador do encontro.


Orientação sugerida

Pratique sua apresentação com antecedência, não apenas para qualidade e fluidez, mas para garantir que a duração de sua apresentação esteja dentro do prazo comunicado. Para uma apresentação de uma hora, trabalhe para uma apresentação de 45 minutos, reservando 15 minutos para perguntas e respostas. Saiba com antecedência se você pode aceitar perguntas durante a apresentação ou se responder a perguntas pode prejudicar a capacidade do apresentador de permanecer dentro do limite de tempo.


Essas são algumas indicações que podem melhorar a acessibilidade da sua apresentação e devem ainda ser considerados outras questões como vídeos, imagens e disponibilidade de recursos de tecnologia assistiva.

Importante considerar também que em eventos presenciais os aspectos da acessibilidade arquitetônica esteja atendendo a norma da NBR 9050;2020 e que o pessoal de apoio tenha conhecimentos de acessibilidade atitudinal.


Caso preciso de apoio técnico para preparar sua empresa para atender os quisitos das normas de acessibilidade entre em contato: www.sinallink.com.br



Marcos Alencar

Especialista em Orientação e Mobilidade

Consultor de Acessibilidade

Certificado pelo SMPCD SP



Fonte: Chicago Digital Accessibility & Inclusive Design Meetup

WCAG 2.0

A11Y



Posts Em Destaque